Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Guardando coisas



Quarta-feira, 07.09.11

Reflexões laranja choque?

Não parecem mas são uns machos à maneira antiga. Fazem lembrar o patrício que achava, quando doente, que s e um comprimido lhe faria bem então o frasco todo de uma vez seria melhor e curaria muito mais depressa. Vai daí não estão cá com meias tintas. È para tirar? Tira-se a valer. Dói muito? Temos pena , é para o bem do país. Podia-se tirar mais devagar que os novos amigos /donos só exigiram que se tirasse metade? Qual que , nós é que sabemos, vai tudo duma vez só e resolve-se e já o problema. A populaça diz que isto assim está pelo lado da morte que já não aguenta mais sacrifícios. Ai aguentam, aguentam e para o ano ainda vai ser muito pior. Tem que pagar e ponto final. Somos homens ou não somos? Temos uma missão e vamos cumpri-la como se fosse um desígnio divino, pois se até o D. Policarpo compreende e aceita que assim seja. Dizem que não prometemos isto? Que é o contrário do que apregoámos na campanha eleitoral? Que só atacamos pela receita e adiamos sempre a redução da despesa? Ai dizem? Claro que é mais fácil e mais rápido lixar os pobrezinhos , sempre foi, que esperavam então? Somos prudentes e avisados , que de danem. Pois vão ver se não os reduzimos nas despesas: que reparem nos transportes, nas taxas moderadoras nas deduções fiscais , no subsidio de férias e nas outras tantas medidas que com uma coragem como não se via há 50 anos fazemos todos os dias. Sabem que cortamos, ai não que não sabem, e se não sabem vão saber ,que o corte toca a todos. Bom, tambem não é preciso entrar em exageros, não devemos tirar aos muito ricos pois eles dizem que assim não captaríamos investimentos. E ainda vem aquele parvo do Warren Buffet dizer que não conhece quem tenha deixado de investir por causa dos impostos. Burro aquele multimilionário das Américas. Ainda não estamos cá há 100 dias e já o Rio , Mendes e o prof Marcelo começam a roçar o rabinho nas cadeiras incomodados com a nossa determinação de cortar e tirar a eito? Outros burros, pois não percebem que quanto mais miséria houver mais tempo teremos para por o país há maneira que os nossos patrões nos mandaram? Já deu para ver que não somos uns moles como os ingleses nem como os franceses que deixaram que dessem dos seus países uma imagem desgraçada. Nós somos muito machos ouviram? E se não ouviram vão ouvir porque até dia 1 de Outubro não nos vamos calar de avisar toda a gente que não permitiremos desacatos nem greves sistemáticas que são podem prejudicar o país.O nosso primeiro e o Portas já deram o toque agora só temos todos que repetir a treta.. Não toleraremos isso ouviram? Tenham calma , aguentem, que em 2013 já veremos uma luzinha. Aqueles que conseguirem aguentar claro está. Não serão muitos, temos pena , mas que culpa temos que não sejam uns machos durões como nós? Joaquim Escoval Barreiro, 7 de Setembro de 2011

Autoria e outros dados (tags, etc)

por guerrilheiro às 13:43



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Posts mais comentados